Pensão alimentícia - TIOS

Aqui você encontra pais e profissionais conversando, trocando experiências e dando informações sobre a Guarda Compartilhada e paternidade.

Se você tem alguma dúvida específica sobre questões jurídicas, antes consulte os inúmeros textos no site PaiLegal, no forum LEITURAS SUGERIDAS POR PAIS e em Perguntas Mais Frequentes.

Registre-se para poder escrever esse forum (serviço gratúito).

Moderadores: srvilelabr, dan.ogando, paulohabl

Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Nayara Gouvêa » Qua Ago 17, 2011 12:33 pm

Olá, tenho uma dúvida referente á pensão alimentícia.
Coloquei uma ação de pensão alimentícia contra o pai do meu filho em 2008. Recebi a pensão durante 2 meses, sendo esta descontada direto da folha de pagamento dele. Acontece, que ele estava achando o valor abusivo e mesmo após acordo de redução de pensão, ele achou o valor alto e pediu demissão do emprego. Resultado: parou de pagar pensão. Após 3 meses, entrei com uma execução, processo esse que se arrasta até hj.
No processo, alegou estar desempregado, em estado de miséria e que então, não poderia pagar a pensão. Acontece que em janeiro desse ano descobri que ele estava trabalhando, informei ao juiz e este oficiou a empresa empregadora para que fosse feito o devido desconto da pensão. Enquanto isso, a execução do tempo em atraso continuou correndo.
Insatisfeito em ter que pagar pensão, o "pai" pediu demissão. Meu filho ficou sem pensão novamente.
O problema é que como está com a prisão pedida, e eu informei seu end comercial e residencial, ele se mudou da casa onde morava, pediu demissão do emprego e está sumido, não sei nem se ele ainda mora na mesma cidade. Os pais dele tbm sumiram, são aposentados e moram juntos c meu ex.
Sei da nova lei que faz com que os avós paguem pensão aos netos, mas como pedir se não sei mais onde se encontram?
A única pessoa da família que sei onde mora e sei que tem condições de pagar a pensão é o irmão do meu ex. Posso entrar com o processo de pensão contra ele?

Obrigada
Nayara Gouvêa
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Jul 09, 2011 11:53 am

por » Qua Ago 17, 2011 1:29 pm

 

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor mkII » Qua Ago 17, 2011 1:29 pm

Ola Nayara,

Me desculpe a forma que colocarei esta mensagem, não é de meu feitio mensagens desta forma, mas tambem me coloquei no lugar do seu ex, e isso foi me dando nojo.

É notorio que vc quer atingir alguem da familia do seu ex, e eu te pergunto, a troco de que ? agora quer ir atras do irmão que tem dinheiro, eu te pergunto, ele tem mesmo responsabilidade por um filho que não é dele ?

Agora, vc esta sozinha, seu filho esta sem pai e sem avos, parabéns pra vc, conseguiu afastar todo mundo realmente, talvez as unicas pessoas que poderiam te ajudar realmente, se não fosse com dinheiro, talvez uma ajuda presencial.

Se eu pudesse, te daria um conselho:

Levanta a cabeça, seja forte e va procurar um serviço pra criar seu filho, não dependa de ninguem, afinal, vcs não lutaram tanto por igualdade ?? se vc tem um custo de R$ 1.200,00 com seu filho ( conforme disse em outra mensagem ) defina as prioridades para ele e tente viver com menos, tenho certeza que conseguira.

E PAZ NA VIDA DE TODOS !!!

Mk.
[color=#0000FF][i][size=85]" Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer t udo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."[/size][/i][/color]
mkII
Participante Atuante
 
Mensagens: 75
Registrado em: Dom Set 13, 2009 1:46 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Nayara Gouvêa » Qua Ago 17, 2011 5:45 pm

Trabalho e trabalho muuuuito! Não venha colocar a culpa em mim pela irresponsabilidade de um "pai" que não quer pagar a DOLOROSA PENSÃO".
Tanto é que meu filho vai fazer 9 anos e o "pai" somando os 3 meses de pensão que já pagou durante a vida toda da criança soma R$1648,00!!!! Sim, durante quase 9 anos, todos os gastos que o "pai" teve com o filho foi de 1648,00! Se eu fosse esperar pelo "bom pai" que é ou pela a Justiça, a criança já teria morrido de fome.
Pra ter uma idéia, o valor inicial da pensão era 716,00 (correspondente a 18% dos seus rendimentos, sendo que tenho comprovantes de todos os gastos da criança), como ele estava achando o valor abusivo, fiz um acordo extrajudicial com ele diminuindo o valor para 216,00! E mesmo assim o "pai" achou que eu usava o dinheiro comigo e saiu do emprego p que o valor não fosse descontado da folha de pagamento. O pior é que isso não é raro acontecer: o cara prefere ficar desempregado, vivendo escondido como um bandido, não pode cair em uma blitz, não pode fazer uma viagem despreocupado, se tiver que tirar a segunda via de uma carteira de identidade vai preso, enfim, perde todos os direitos de um cidadão pra não ter que comprometer em favor do filho menos que 6% do seu salário de carteira assinada, com todos os benefícios de um emprego seguro!!
A minha idéia em colocar a temida pensão sob responsabilidade do tio não é de me enriquecer com a pensão (que aliás, ninguem fica rico com 216,00) e sim lutar pela tal igualdade de direitos. Que igual nunca será, pois mesmo se ele pagar a pensão, ainda ficarei arcando com uns 80% da criação da criança (isso falando do lado financeiro apenas).
No dia que chegar o oficial na casa do tio, certamente o "pai" aparecerá pra tentar um acordo.
Em relação ao eu estar sozinha MK, vc está falando sobre algo que vc desconhece. Tenho uma família: pais, irmãos, marido e outra filha. Uma família muito bem edificada e que dão muito amor pra meus bebês. Quanto a vc achar posso diminuir os gastos com meu filho, acho que vou pedir pra vc fazer uma planilha de gastos p mim! Pq vc já sabe das necessidades do meu filho sem antes mesmo saber se ele tem algum problema de saúde (e ele tem), qual é o nosso nível de vida... FANTÁSTICO VC!
Aí... estão vendo? Aí depois não sabem pq vcs ficam desacreditados.
Escrevo "pai" pq o meu conceito sobre ser pai é diferente do que se vê por aí.

Me adiantando, sei que daqui a pouco alguém vai dizer: "então entrega a criança p pai e vai ser feliz!". Pois então, há um certo tempo precisei que meu filho ficasse com ele por 3 dias devido a uma cirurgia da minha mãe, já que eu iria ficar no hospital com ela. Qd foi no segundo dia, ele me entregou meu filho, disse que estava sem tempo p cuidar dele, que estava muito difícil. Tive que me virar nos 30 p arrumar alguém p ficar com meu filho, pq ele largou a criança no hospital mesmo e foi embora parecendo que tinha se livrado de um peso nas costas (esse peso é seu filho, mas filho esse que ele quer em um domindo a tarde todo arrumadinho, bonitinho, com saúde e bem educado pra levá-lo em uma festinha de aniversário pra todo mundo elogiar como ele tem um filho lindo! Mas o dia a dia? Levar p escola? Dar os remédios? Educar? Isso é "muito difícil" segundo ele.
Como sou brasileira e não desisto nunca e acredito na mudança do seu humano, outra vez tive um compromisso a noite e pedi pra que ele ficasse algumas horas com a criança. Sabe qual foi a resposta? "MINHA CASA NÃO É CRECHE" KKKKKKKK
Só rindo p não chorar! E ainda tem coragem de falar que qd a criança estiver maior, será ela quem vai decidir com quem quer ficar. rsrs Maior quanto? Quando tiver uns 30 anos? Tiver criado, com um ótimo emprego?
Ah... o que mais me chateia é saber que esse "pai" não é exceção... é idêntico a maioria de pais que não moram com seus filhos...
Nayara Gouvêa
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Jul 09, 2011 11:53 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor mkII » Qui Ago 18, 2011 5:11 pm

[quote="Nayara Gouvêa"]Trabalho e trabalho muuuuito! Não venha colocar a culpa em mim pela irresponsabilidade de um "pai" que não quer pagar a DOLOROSA PENSÃO".
Em relação ao eu estar sozinha MK, vc está falando sobre algo que vc desconhece. Tenho uma família: pais, irmãos, marido e outra filha. Uma família muito bem edificada e que dão muito amor pra meus bebês. Quanto a vc achar posso diminuir os gastos com meu filho, acho que vou pedir pra vc fazer uma planilha de gastos p mim! Pq vc já sabe das necessidades do meu filho sem antes mesmo saber se ele tem algum problema de saúde (e ele tem), qual é o nosso nível de vida... FANTÁSTICO VC!


Ola Nayara,

Pelo jeito nossa conversa ficou um pouco pessoal, noto que esta extremamente desapontada com a postura do pai de seu filho, mas ja adianto que este mesmo desapontamento e o que sentimos, quando notamos a mesma coisa das maes de nossos filhos.

Vc ficou irritada quando a julguei, tambem me senti incomodado quando vc generalizou todos os pais sendo mau carater e que não servem pra ser pais.

Acredito que ja tenha lido algumas mensagens dizendo que o que os pais mais querem e se aproximar dos filhos e não acontece por impedimento da mãe, não vou me extender nem te perguntar se alguma vez vc impediu o pai de ve-lo, mas com certeza te digo, nessa vida nada e por acaso, por ex. passo por isso hoje, pq a mãe não aceitou o fim do relacionamento, ja me disse isso em uma ligação e foi muito clara em dizer que vai utilizar minha filha pra me atingir ( acredito que vc não tenha ouvido isso do pai de seu filho ) enfim, são muitas historias e muita coisa errada no judiciario.

O forum não foi aberto para previlegiar o PAI, muito pelo contrario, esta muito claro o objetivo do site, é a proteção a criança e na medida do possivel mediar um conflito matrimonial visando o bem estar da criança, como deve ter notado, algumas mães tambem escrevem pedindo ajuda, e esta ajuda não é negada pelo fato de ser mãe.

Veja bem, se vc ja trabalha e tem uma familia otima, pede para eles te ajudarem, como disse em outra mensagem, quando a pessoa faz por obrigação nem sempre nossos resultados são alcançados, e quando alcançados não é feito com qualidade... pense nisso.
[color=#0000FF][i][size=85]" Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer t udo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."[/size][/i][/color]
mkII
Participante Atuante
 
Mensagens: 75
Registrado em: Dom Set 13, 2009 1:46 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Nayara Gouvêa » Sex Ago 19, 2011 5:56 pm

"Veja bem, se vc ja trabalha e tem uma familia otima, pede para eles te ajudarem, como disse em outra mensagem, quando a pessoa faz por obrigação nem sempre nossos resultados são alcançados, e quando alcançados não é feito com qualidade... pense nisso."

MKII,
ESSA É A REAL INTENÇÃO DA LUTA DE VCS, NÉ? QUE DESISTAMOS PELO CANSAÇO DA PENSÃO A QUEM OS FILHOS TEM DIREITO E AS MÃES O DEVER DE EXIGÍ-LA? POR ISSO QUE O JUDICIÁRIO NEM A MÍDIA OS ESCUTAM!
Nayara Gouvêa
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Jul 09, 2011 11:53 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor luciano2007 » Sáb Ago 20, 2011 4:26 pm

prestei muita atensão no seu depoimento de mãe e confesso que eu estou numa situação igual a sua , onde tenho um filho de 6 anos que mora comigo a 5 ( mãe dele nunca deu 1 real )- e minha postura é outra 1º - não fico me fazendo de vitima , mas imagina se no meu lugar fosse a mãe dele ........... cada vez mais a historia de voçes são as mesma procura justificar tudo no filho kkkkkkkkkkkk, direitos iguais kkkkkkkkkkk até quando a gente vai aturar esta situação em que a mulher perdeu totalmente a noção de familia...
luciano2007
 
Mensagens: 0
Registrado em: Sex Mar 18, 2011 8:57 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Nayara Gouvêa » Dom Ago 21, 2011 12:39 pm

Esse mundo tá perdido né, Luciano? Sustento, educo um filho só, pq o pai arruma todo e qualquer tipo de artimanhas para fugir dos seus deveres e quem perdeu a noção de família não foi ele, foram as mulheres? Acredito que vc esteja tendo delírios.
Nayara Gouvêa
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Jul 09, 2011 11:53 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor gja » Seg Ago 22, 2011 12:00 am

Nayara, agora entendi sua história e mais ainda fico inconformado com sua revolta por causa do maldito dinheiro! Levante as mãos aos céus por estar falando em dinheiro e não de um filho que te foi tomado. Meça muito bem suas palavras por aqui pois nos acusa dizendo "ESSA É A REAL INTENÇÃO DA LUTA DE VCS, NÉ? QUE DESISTAMOS PELO CANSAÇO DA PENSÃO A QUEM OS FILHOS TEM DIREITO E AS MÃES O DEVER DE EXIGÍ-LA?".

Em primeiro lugar cabe a você saber que pensão é um direito do filho e não da mãe. Entenda isso, pois o filho não é propriedade sua, mas uma pessoa com direitos próprios. Muitos pais que aqui estão já perderam emprego, patrimônio e vida por conta dos absurdos que o judiciário vem fazendo para benesse das mães e prejuízos para os pequenos. Tenho certeza que seria muito mais barato para estes pais simplesmente pagarem a comissão da mãe do que se levantarem e enfrentar este inferno processual para ter contato com seus filhos. Alguns preferem ser pais, outro preferem abandonar seus filhos. Não os culpo mediante o inferno que é ter apego de quem você não pode se aproximar.

A preocupação em colocar o pai na vida do filho está passando longe das cabeças das pessoas. Muitos já esqueceram do que significa a palavra "família".
gja
 
Mensagens: 26
Registrado em: Sáb Set 19, 2009 3:58 pm

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Nayara Gouvêa » Seg Ago 22, 2011 3:11 pm

Olá, GJA! Vc levou um fórum de discussão para o seu lado pessoal hein?
Mesmo não lhe devendo satisfações: sei exatamente de quem é o direito de ter a pensão. Pensão tal que é ZERO REAIS. Zero reais pra mim ou p meu filho não me deixa mais rica concorda? Quanto aos absursos que acontecem devido a Justiça, vejo os próprios pais se colocando na posição de marginalizados ao burlar tão justiça, mentindo rendimentos ou simplesmente fugindo para não ter que arcar com as responsabilidades de uma execução. Execução tal que, repito, é direito do filho e que a mãe tem o dever de cobrar.
No mais, repito a resposta que dei ao Luciano p vc, já que falou em família.
Nayara Gouvêa
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Jul 09, 2011 11:53 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Multithreaded » Ter Set 06, 2011 9:30 am

Olá Nayara,
sei que essa resposta está um pouco atrasada em relação à pergunta original, mas acredito que posso respondê-la e por isso estou escrevendo agora.
Pelo que vi nas outras mensagens suas e dos colegas do fórum, as coisas ficaram um pouco emocionais, o que é de certa forma compreensível, já que o assunto é bastante delicado.

Estou numa situação de certa forma antagônica à sua. Meu irmão infelizmente tem problemas com alcoolismo e em função disso acaba não dando assistência, principalmente financeira, aos meus sobrinhos. Meus pais e eu ajudamos como podemos, mas também lutamos com dificuldades.
Tendo receio de que minha ex-cunhada me acionasse na justiça para tentar fazer a ajuda solidária que damos às crianças, que tanto amamos, uma obrigação legal, pesquisei um pouco sobre o assunto "pensão por colaterais", o que me fez acabar chegando à sua mensagem.

Após pesquisar o código civil, descobri que a pensão somente pode ser exigida de ascendentes (pais, avós, etc.), na falta destes descendentes (filhos, netos, etc.) e após colaterais até o limite de 2º grau de parentesco, nesse caso, até os irmãos. Ao contrário do que muitos pensam irmãos são parentes de 2º grau, não de primeiro. Tios são parentes de 3º grau e primos de 4º. Importante salientar que quando se pensa em ascendência, descendência ou colateralidade, sempre se tem como base o alimentado, no seu caso, sua criança. Significa que os ascendentes são os pais, avós e bisavós, tanto paternos quanto maternos, e os colaterais de 2º grau, os irmãos dele.

Há inclusive uma decisão do STJ que fala especificamente sobre o assunto:
"a interpretação majoritária da lei tem sido de que tios não devem ser compelidos a prestar alimentos aos sobrinhos". REsp nº 1032846

Talvez não seja o que você queria ouvir, mas reflete a interpretação majoritária da lei, o que te confesso, me deixa aliviado, porque não acharia justo eu ter que arcar legalmente com as obrigações do meu irmão, já que também tenho uma família para sustentar.

Por favor, não me entenda mal, não é meu objetivo julgar seus motivos, como também não jugo minha ex-cunhada, mesmo se ela tiver cogitado me acionar na justiça. Apenas quero tentar ajudar a esclarecer a sua dúvida e desejar o melhor para você e sua família.
Multithreaded
 
Mensagens: 0
Registrado em: Ter Set 06, 2011 8:36 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Guga » Qua Set 07, 2011 12:56 pm

Nayara,

Sou madrasta e meu marido já passou por uma situação que responde sua pergunta. Mesmo pagando pensão religiosamente todo mês e um valor razoável a mãe da criança ameaça pedir uma pensão maior ao meu sogro. Qdo falamos isso para o advogado, ele respondeu que se os pais do meu marido tivessem a obrigação de pagar pensão, os pais da mãe da criança também poderiam ser acionados.
Portanto, acredito que se unirmos essa resposta ao comentário anterior (sobre parentes colaterais) podemos concluir que os tios não tem a obrigação de pagar pensão não.
Agora... Mesmo do outro "lado"da história, por ser madrasta e não ter filhos, acho que vc deve lutar por essa pensão até o fim. Fique de olho nas redes sociais para ver se o acha, invista em um bom advogado. O direito de pensão não é seu, é da criança. O pai tem a obrigação de arcar com a pensão, ponto final. Vcs fizeram o filho juntos e disso ele não pode correr.

Abraços.
Guga
 
Mensagens: 0
Registrado em: Qua Set 07, 2011 12:44 pm

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor mkII » Sex Set 09, 2011 12:50 am

Programa forum - pensao alimenticia...

Assistam, nota-se claramente a diferença de um advogado conservador e uma nova visão sobre o tema....

http://www.youtube.com/watch?v=-WFCgEsnykc

forum - pensoes alimenticias

mk
[color=#0000FF][i][size=85]" Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer t udo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."[/size][/i][/color]
mkII
Participante Atuante
 
Mensagens: 75
Registrado em: Dom Set 13, 2009 1:46 am

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Pat_RJ » Qua Out 19, 2011 8:42 pm

Eu, que sou tia, me arrepio. Era só o que faltava eu ter de arcar com as irresponsabilidades do meu irmão.
Isso é um absurdo!
Pat_RJ
 
Mensagens: 26
Registrado em: Qua Set 30, 2009 5:48 pm

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor gnmatos » Dom Out 30, 2011 10:38 am

Nayara,

Dinheiro não dado com amor, só traz maldição.
Na boa, não se estressa mais com isso.
Tempo, no dias de hoje, vale muito.
Dedica ao seu o filho o que tem e verás que serás muito mais feliz.
Com pouco ou muito, isso fará diferença apenas no status que vc pretende dar a criança.
Porém, amor não se compra e sim se conquista.
O pai deve ter suas razões para está chateado, assim como vc deve ter as suas.
Entendo que ao longo do crescimento, exigir o amor do pai é muito mais importante do que dinheiro.
Isso fará uma diferença enorme.
Investe para conquistar o amor do pai ao filho.
Fale mais das qualidades do pai, mesmo que ele nao esteje presente.
Deixe que seu filho decida querê-lo ou não.
No futuro, o seu filho pode pensar diferente de você.
Passe algo positivo sempre.
As coisas podem mudar e haver arrependimentos de ambos os pais.

Eu já vi gente nao se alimentar direito, mas morrer de fome, nunca!!!
Pense nisso!!
gnmatos
 
Mensagens: 0
Registrado em: Ter Out 18, 2011 6:49 pm

Re: Pensão alimentícia - TIOS

Mensagempor Rodrigo Reis » Dom Out 30, 2011 9:02 pm

Boa noite,

bom quanto a e ste caso, tem que esperar a Justiça agir.

A lei é bem rigorosa nestes casos.

No mais, o importante é deixar claro qual o valor referenete e necessário para o sustento do filho.

Assim aconselho a planilhar todos os gastos dele e dividir por 2.

No mais, esquece os avós, tios e outros, família não é previdencia social, arruma um emprego melhor e ganhe mais dinheiro!

O importante é fazer seu filho ficar bem, e viver dentro da realidade e não um sonho.

Rodrigo Reis - Advogado
http://www.direitodopai.blogspot.com/
Dr. Rodrigo Reis

Av. Casper Libero, n. 134 cj. 118 - Centro - São Paulo/SP
Tel. 55 11 3227-9147
Mobile: 55 11 7735-7676
Skype ID: rodreis
www.reisadvogado.com.br
rodrigo@reisadvogado.com.br
http://www.direitodopai.blogspot.com/
Blog do Dr. Rodrigo Reis
Rodrigo Reis
 
Mensagens: 0
Registrado em: Dom Out 30, 2011 8:30 pm
Localização: São Paulo

Próximo

Voltar para GRUPO DE DISCUSSÃO

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes