Quem Somos

PAILEGAL, PAI LEGAL OU PAI LEGAU? QUEM SOMOS?

Uma equipe de pais que lutam pelo direito de viver com seus filhos e poder oferecer uma paternidade de excelência. Contamos com auxilio de mães e filhos.

Somos pais que resolveram arregaçar as mangas e construir um site para atender as nossas necessidades de pai na criação de nossos filhos, seja lutando pelo nosso direito à convivência com eles após a separação do casal como também pela qualidade de nossa paternidade.

O público-alvo do PaiLegal é o pai, em quem temos concentrado as nossas atenções. Mães e filhos têm também colaborado para alcançarmos o nosso objetivo - de sermos e ajudarmos outros homens a serem pais plenos.

A visão do PaiLegal é a renovação do papel do pai, rehabilitando e incentivando os homens a fazerem de suas crianças indivíduos honestos, seguros, justos, empreendedores e felizes, e consequentemente construindo uma nação forte e próspera.

A missão do PaiLegal é tornar-se o melhor site para se encontrar informação sobre o pai e a paternidade de excelência, de forma clara, inovativa, assertiva, justa e honesta.

Colocado no ar em fevereiro de 2002 (Veja entrevista para Revista Almanaque), o PaiLegal constituiu-se referência nacional para o entendimento sobre Guarda Compartilhada do ponto de vista Psicológico, Psicanalítico, Jurídico e Social.

O PaiLegal não é uma associação e sim grupo privado de trabalho para a promoção do debate, da investigação e do estudo cético da paternidade e da guarda compartilhada. Nos acessam profissionais, professores e estudantes que usam para inspiração e referencia em seus trabalhos, o material vivo expresso no grupo de discussão como tambem opiniões, análises e teses publicadas no site.

Cooperamos e estimulamos outras associações com fins de promoção do debate nacional e a reformulação do código civil, que apesar de ter removido o arcáico privilégio da mãe em relação a guarda dos filhos, deixa um vácuo onde podem ocorrer muitas injustiças, principalmente ao pai participativo.

Além do material científico existente no PaiLegal muitos textos são opiniões próprias derivadas de experiências pessoais. Por ser a Guarda Compartilhada um modelo ainda novo no Brasil a existência de ambos tipos de textos se faz necessária para poder fomentar o debate e estimular as ações.

Use os nossos recursos. Conte comigo e os profissionais e entusiastas da paternidade que formam a Equipe PaiLegal. Somos todos voluntários e trabalhando para, junto com você, conseguirmos deixar um mundo mais justo para os nossos filhos.

Dê a sua opinião e faça sugestões, enfim - participe! Juntos, vamos ajudar o pai a ser cada vez mais legal.

De um pai participativo na vida de seus filhos, que sabe o quanto amor temos para dar e a dor de se ter subtraido o direito de poder cria-los,

PAULO HABL

Assuntos com a imprensa devem ser tratados junto a Fonte Mídia (11 3493-00116)


PrintEmail